clique aqui e receba as atualizações do blog em seu email


PARA EMPRESAS AS PALAVRAS MUSICADAS AS OUTRAS PALAVRAS CONTATO HOME


As páginas mais visitadas aqui:

sábado, 18 de outubro de 2008

Aqui Jaz

aziaga o dia
Num trago de bordado
cinzeiro.
Ele lembra-se dela
enquanto, a bombordo
, o coração odora
vela

.
Em tempo,
acaba o tempo
e partem.
Ele
ainda lembra-se dela

.
Ela
pendurou uma nova semente:
"O quarto foi pintado
recentemente.
Não dá pra entrar!"

música: Lua e Flor (Oswaldo Montenegro)
.
Alex Pinheiro

4 comentários:

  1. ai é preciso ter paciência!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Ela fechou as portas?

    ResponderExcluir
  3. muito bom, gosto muito deses poemas-conto.
    valeu a visita ao Casa de Paragens. Quanto ao Vertebrais, fazemos qualquer negócio :)

    ResponderExcluir

 
Google Analytics Alternative