clique aqui e receba as atualizações do blog em seu email


PARA EMPRESAS AS PALAVRAS MUSICADAS AS OUTRAS PALAVRAS CONTATO HOME


Anuncie no Blog do Alex Pinheiro. Clique aqui!

As páginas mais visitadas aqui:

domingo, 24 de julho de 2016

Vila Madalena

Os meus barcos não
ancoram mais
E qualquer chuvinha
lava a tinta colorida desse cais

Os meus olhos não
padecem mais
O corpo quente
acolhe o seio cinza e fugaz

Os meus anjos não
me querem mais
; gotas-plástico lá fora
e o barulho metálico da chuva
Urra e ais.


Alex Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google Analytics Alternative