clique aqui e receba as atualizações do blog em seu email


INÍCIO AS PALAVRAS MUSICADAS AS OUTRAS PALAVRAS ATIVIDADE DIGITAL CONTATO


Publicações mais lidas no Blog do Alex Pinheiro:

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Duas mulheres*

Primeiro coluna "conto... ou não conto?", do jornal Taperá
Tinha dentes largos e separados. Sentava sempre no mesmo banco, às 13h10. Todos os dias no mesmo lugar. Todos os dias da semana. Era de levantar a barra do vestido até os joelhos para ventilar as pernas. Os meninos, ali na quadra, faziam um chute leve aproximar a bola para, quem sabe, tê-la desprotegida. Porém, ela abaixava a saia com urgência e lançava a bola de volta, com certa sofreguidão, antes que se aproximassem. Eram tantos os chutes que ela percebera a intenção curiosa dos meninos, mas não deixaria o lugar conquistado há anos com silêncio e persistência. Era caso de quando ocupado, o banco, ela se plantar em pé ao lado do incauto, e ficar até incomodar. Bastavam uns minutos e ela sentava absoluta. Sempre presa em vestidos longos, de cores escuras e sem estampas, sentava com o mesmo coque pequeno, de rosto baixo e mãos rápidas beliscando o lábio inferior. Levantava cerca de quinze minutos depois para voltar ao trabalho. À noite era mulher seminua na rua do Teatro Giuseppe Verdi.

*Primeira coluna "conto... ou não conto?", publicada no jornal Taperá (Salto-Itu-Indaiatuba), em 1 de junho de 2013.


Alex Pinheiro

2 comentários:

  1. ORGULHO!
    É tudo que tenho a dizer ;)

    Aaah, e mais uma coisinha: Economizei 2 reais. Muito obrigada, rs.

    Boas invenções e bóra voaaaar.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha curtido, mas triste por pensar que tenha economizado, hahaha. Afinal de contas o Caderno 2 do jornal Taperá é riquíssimo ;-)

      Excluir

a imagem-título é uma invenção de Mariah

 
Google Analytics Alternative