clique aqui e receba as atualizações do blog em seu email


PARA EMPRESAS AS PALAVRAS MUSICADAS AS OUTRAS PALAVRAS CONTATO HOME


Anuncie no Blog do Alex Pinheiro. Clique aqui!

As páginas mais visitadas aqui:

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

44 do 1*

O ruído contínuo parecia uma estação de rádio fora de sintonia e denunciava o interfone fora do gancho, enquanto o início da noite exalava excitação e as sombras dos beirais eram insuficientes para acobertarem o desejo latente. A lembrança sobre a música de seu corpo andando, seu cheiro e a cor do seu cabelo, veio instantaneamente. Parou de perfil, olhando o fim da rua vazia, mordeu o lábio inferior e devaneou. Desciam do ônibus juntos e apertavam os passos ao limite, evitando escancarar um cooper ou entregar uma concorrência velada e paradoxal, pois o interesse mútuo era estar próximo, mas o pudor distanciava-os. Num dia um e, noutro dia, outro. Nas primeiras vezes existiu a preocupação em fazer caminhos diferentes que, estrategicamente, sempre acabavam se encontrando; depois o desejo suprimiu o cuidado e, então, surgiu a "marcha atlética". Agora, aquele ruído o despertava. Decidiu consumar. Apertou sua chave nas mãos, olhou para o porteiro chiando e entrou. Encontrou-a nua e exausta.

Alex Pinheiro
*Parte de um projeto-sonho; meu livro.

4 comentários:

  1. Gostaria muito de ler seu livro, como vai se chamar, Alex?

    http://maresdetristeza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda é um segredo, Evelyn, rs... Mas como você chegou aqui?!!!

    ResponderExcluir
  3. Queridão, quero um livro seu com dedicatória lindinha sua! (:

    ResponderExcluir
  4. Fantastico como sempre... to ansioso para esse livro, é capaz de sair antes do meu, que por sinal já esta pronto...

    Sucesso!

    ResponderExcluir

 
Google Analytics Alternative