clique aqui e receba as atualizações do blog em seu email


INÍCIO AS PALAVRAS MUSICADAS AS OUTRAS PALAVRAS ATIVIDADE DIGITAL CONTATO


Publicações mais lidas no Blog do Alex Pinheiro:

terça-feira, 19 de setembro de 2017

21

Faça chegar
frestas da noite
na janela do segundo andar.

Alex Pinheiro

domingo, 2 de julho de 2017

qualquer-feira

Tem dia da semana
que chora o samba
A veia estoura
qualquer dia
O pandeiro sofre
na garganta afina
alimentando a fadiga

Eu morro
, eu morro
; morrido.
Eu subo
, eu subo
o morro.
E toda e qualquer-feira
eu corro
perigo.
Eu morro
, eu morro
; morrido.

O batidão vem
, o mal é bem
calçada não tem
na subida.
E o cheiro corre,
ladeira acima
lavando os resto de comida.

Eu morro
, eu morro
; morrido.

Eu subo
, eu subo
o morro.
E toda e qualquer-feira
eu corro
perigo.


Alex Pinheiro

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Bolsa

Paira sobre o telhado
uma nuvem que guarda
cada centavo de nossa encruzilhada.

Alex Pinheiro

terça-feira, 28 de março de 2017

O Andarilho e a esquina

Eu ando cansado
com mil solas gastas
e não tem mais nada na cidade
Que eu já não tenha notado
Estou num sapato apertado
do seu lado

A grama fria no meio fio
sobe a calçada
e me acolhe na madrugada
Eu vejo a lua ensolarada
me despertar logo cedo
do seu lado

Encolho os pés pra proteger
os desavisados
que estou bem aqui sentado
As bolsas batem em minha cara
e não faço nada
do seu lado


Alex Pinheiro

a imagem-título é uma invenção de Mariah

 
Google Analytics Alternative